quarta-feira, 20 de outubro de 2010

O que seria milagre?




O mestre Bankei Foi convidado a falar no templo de uma outra escola.
Um sacerdote desta escola que acredita na salvação pela repetição do nome de Buda, interrompeu a palestra e começou a discutir com Bankei.

"O fundador de nossa escola tinha poderes tão milagrosos que, segurando na mão um pincel de um lado de um rio, era capaz de escrever sobre um papel na outra margem", gabou-se o sacerdote.

"Tu serias capaz de tal prodígio?", perguntou ao mestre para provocar.

Mas Bankei não se intimidou.

"Talvez teu mestre tenha estes truques, mas o Zen funciona de outro modo. O único milagre que faço é: Quando tenho fome, como. Quando tenho sede, bebo. E quando tenho sono, durmo", respondeu Bankei.


Texto do livro Pocket Zen de Bruno Pacheco
Imagem: Mosteiro Budista de Taktsang - Butão
Postar um comentário