quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Quando meditamos

" Quando meditamos, nós praticamos olhar mais profundamente para que, com isto, consigamos trazer luz e clareza à maneira como vemos as coisas. Quando a visão de um não eu é alcançada, nossa ilusão é eliminada. Isto é o que chamamos de transformação. Na tradição budista, a transformação é possível por meio de compreensão profunda. O momento em que a visão de um não eu surge, a consciência chamada mana, a noção ilusória de um "eu sou", desintegra-se e então nos encontramos gozando de liberdade e felicidade neste exato momento."

Texto do livro: Corpo e Mente em Harmonia
Autor Thich Nhat Hanh
Postar um comentário