sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Autopercepção e não Autoconsciência


  A autoconsciência é uma doença, enquanto a auto-percepção é saúde. Qual a diferença? As palavras aparentemente querem dizer a mesma coisa. Podem até significar a mesma coisa, mas quando as uso, são diferentes.

  Quando falo em autoconsciência, a ênfase está no eu.

Quando falo de auto-percepção estou falando de percepção.

Se quiser, você pode usar a mesma palavra, autoconsciência, para as duas coisas. Se a ênfase for na "consciência", sera saudável. É uma diferença muito sutil, mas muito importante.

  A autoconsciência é uma doença porque significa que você está permanentemente consciente no seu "eu". Você fica pensando: "Como as pessoas estão se sentindo ao meu respeito?", "Como estão me julgando?", "Qual será a opinião delas: será que gostam de mim ou não, será que me aceitam ou rejeitam, será que me amam ou me odeiam?".....

O centro é sempre o ego. Isso é uma doença.....  Contudo, se você mudar o foco, se deslocar a ênfase do ego para a consciência, não se preocupará se as pessoas o aceitam ou rejeitam. Neste caso, a opinião delas não importa, tudo o que você quer é estar alerta em todas as situações. Assim não é importante se elas o amam ou odeiam, se consideram santo ou pecador, nada disto importa. O que dizem ou pensam de você não lhe diz respeito, é problema delas, elas devem decidir por conta própria. Você só tenta ficar alerta em todas as ocasiões.

   Talvez alguém se aproxime e se curve diante de você, dizendo que você é um santo. Você não deve se preocupar com o que ela diz ou acredita. Deve apenas permanecer alerta para que esta pessoa o arraste de volta para a não-percepção, só isto. Da mesma forma se alguém o insultar e agredir, não se importe com isso. Apenas fique alerta e você permanecerá intocado - esta pessoa não pode arrasta-lo para lugar algum.

  Agindo assim, você será sempre o mesmo, ao ser elogiado ou condenado, no fracasso ou sucesso. Através de seu estado de percepção, você atinge uma tranquilidade que não pode ser perturbada de forma alguma.


   Texto do livro: Aprendendo a silenciar a mente, do autor Osho

Postar um comentário